O Presidente do Zimbabué Emmerson Mnangagwa demitiu o Ministro da Saúde Obadiah Moyo por “conduta inadequada”.

O Sr. Moyo foi demitido “com efeito imediato por conduta imprópria para um ministro do governo”, disse uma declaração emitida pelo secretário principal do presidente, Misheck Sibanda.

O ministro não respondeu às acusações.

O secretário da informação Nick Mangwana prestou a seguinte declaração no Twitter:

No mês passado, o Sr. Moyo foi preso sob a acusação de corrupção e abuso de poder relacionado com um escândalo de aquisição de equipamento de coronavírus, mas mais tarde foi libertado sob fiança.

Foi acusado de ter adjudicado três contratos de compra de drogas, kit de testes e equipamento de protecção a uma empresa que tinha falhado o processo de verificação.

Fonte: BBC